SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

EM O nome de Jesus, NO nome de Jesus ou EM nome de Jesus?




Este artigo está no link:
 ou procure no site novo pelo mesmo titulo.

Hoje pretendo que revisemos nosso conhecimento de português aplicado à Bíblia. Trataremos sobre uma expressão que, às vezes, gera uma certa confusão até mesmo teológica, mas que é simples de explicar. Qual é a maneira certa de dizer? EM O nome de Jesus, NO nome de Jesus ou EM nome de Jesus? Na Bíblia Sagrada encontramos as três formas. Confira.

1.“Pela fé EM O NOME de Jesus, é que esse mesmo nome fortaleceu a este homem que agora vedes” (At 3.16 – versão Revista e Atualizada).

2.Pela fé NO NOME de Jesus, o Nome curou este homem que vocês veem e conhecem. A fé que vem por meio dele lhe deu esta saúde perfeita, como todos podem ver. (At 3.16 – versão Nova Versão Internacional).

3.“Pedro, porém, lhe disse: Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou: EM NOME de Jesus Cristo, o Nazareno, anda!” (At 3.6 – versão Revista e Corrigida).

Observe que todas as três expressões – EM O NOME de Jesus, NO NOME de Jesus e EM NOME de Jesus – encontram-se nas diferentes traduções da Bíblia Sagrada. Contudo, lembrando apenas o aspecto da linguagem, é necessário observar que as duas últimas estão de acordo com a norma padrão atual, e a primeira – EM O NOME – pertence a uma forma de linguagem que, de um modo geral, não é comum aos gramáticos atualmente.

Uma consequência dessa dúvida é que alguns irmãos imaginam que se não falarem a Satanás “Saia, EM O NOME de Jesus” ele não sai. Sem fundamento. Leia Atos 16.18: “Isto se repetia por muitos dias. Então, Paulo, já indignado, voltando-se, disse ao espírito: EM NOME de Jesus Cristo, eu te mando: retira-te dela. E ele, na mesma hora, saiu” (Revista e Corrigida). Portanto, já podemos concluir que o não entendimento da expressão é apenas mais uma das artimanhas de Satanás, tentando, como fez com Adão e Eva, nos enganar utilizando-se da palavra. Todavia, o argumento dele é muito fraco.

A ordem para Satanás sair pode ser dada “em o nome”, “no nome” e “em nome” de Jesus, com sotaque carioca, paulista, mineiro, etc, em alemão, inglês, japonês, javanês, indiano, mandarim, etc. Ou seja, em qualquer língua ou dialeto, Satanás tem que obedecer, desde que aquele que está expulsando esteja em comunhão e confiante no Senhor Jesus. E é bom lembrar também que em certas línguas não existe o artigo “o” e, em outras, que são chamadas ágrafas, só existem na fala, não têm escrita, gramática e nem dicionário. Em todas essas também é possível expulsarmos Satanás em nome de Jesus.

Pelo que se vê, Satanás quer mesmo é nos confundir, então, não caia nessa conversa. Aliás, ele é o culpado de estarmos no meio dessa babel de línguas. Mas graças a Deus por Jesus que veio para restaurar a nossa palavra, a fim de que ela surta efeito contra o inimigo das nossas almas. Que ele se vá “em o nome”, “no nome” e “em nome” de Jesus.

Pr. Atilano Muradas e Pr. Lúcio Barreto (pai)

Fonte: Jornal Atos Hoje

Um comentário:

  1. Paz e Graça!
    Post interessante!!!

    Gostaria que entra-se em contato pois tenho parentes idosos que precisam de ser salvos. .

    Em nome do Senhor e Cristo, Jesus Cristo.

    Amém...
    Lucas

    Whatsapp
    31989112050
    Lucasbhtemg@hotmail.com

    ResponderExcluir