SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

SIMILARIDADES ENTRE A MARCHA PARA JESUS E AS ROMARIAS DE APARECIDA DO NORTE

O portal G1 publicou (clique e veja a matéria) que uma multidão de evangélicos participam neste momento da Marcha para Jesus, realizada desde as 10h desta quinta-feira (23) em ruas da Zona Norte de São Paulo. 

Segundo a reportagem muitos estão levando na sola de seus calçados papéis com pedidos a Deus, como por exemplo   a fisioterapeuta V.S.R de 32 anos, que garantiu que os pedidos são atendidos. “Essa é a oitava vez que venho na Marcha. Nesse tempo, perdi a conta dos milagres que recebi.” Entre as graças, ela destaca a estabilidade financeira e familiar. “Antes em casa era muita bagunça. Agora está tudo bem. Há muita paz em meu lar.”

O Jornal Global relata que famílias inteiras estão aproveitando  o evento para agradecer o que consideram milagres. E aproveitavam para pedir mais graças. “Eu quero muita saúde e paz”, disse o vendedor R.S, de 25 anos. Ele e a mulher, a enfermeira A. S. de 25 anos, e o filho, L. de 1 ano e 4 meses. “É uma verdadeira bênção essa caminhada. É um dia dos 365 do ano que separamos para Deus”, afirmou. “Vale a pena isso.” 

Prezado amigo, não sei se ao ler a noticia acima você teve a mesma impressão que eu tive.  Por razões obvias, parece que eu estava lendo o relato de uma romaria católica romana à Basílica de Aparecida do Norte. 

Pois é, como todos sabemos no dia 12 de outubro milhares de romeiros costumam marchar em direção a famosa cidade paulista.  Na verdade, uma multidão incontável de pessoas caminham pelas estradas  na expectativa de  que mediante seus sacrifícios físicos,  milagres aconteçam em suas vidas, famílias e história.

Caro leitor, a luz destas informações sou obrigado a concordar com aqueles que afirmam que lamentavelmente a igreja evangélica brasileira se perdeu no caminho. Exemplos como estes  nos mostram que definitivamente o evangelho de Cristo foi sincretizado no Brasil.  Infelizmente quase mais nada  difere o neopentecostalismo do catolicismo romano, mesmo porque, a cada novo dia, incorporamos as nossas liturgias evangélicas práticas e comportamentos pagãos.

Como inúmeras vezes afirmei neste blog, confesso que estou absolutamente perplexo e preocupado com os rumos da igreja evangélica. Chego a conclusão de que mais do que nunca a igreja brasileira precisa URGENTEMENTE de uma nova reforma.

Pois é, como costumava dizer o reformador João Calvino o verdadeiro conhecimento de Deus está na bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro. Em tempos difíceis como o nosso, precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento.

Soli Deo Gloria

Renato Vargens 


Cristão, CUIDADO  com armadilhas do diabo.

Um comentário da matéria que achei interessante:

Anônimo 23 de junho de 2011 13:16
nossa que ridiculo .. vc ta querendo dizer que é copia??????? a diferença eu vo te dizer meu bem , eles nao pedem pra santo .. pedem pra DEUS ..

agora por favor nao poste aquilo que vc nao entendaaaaaaaaa
Renato Vargens 23 de junho de 2011 13:27 Prezado anônimo que é covarde em um escrever um comentário e não tem coragem para assinar o nome,

Sabe qual é o problema? O evangelho que vc acredita é sincrético. Aliais, vc sabe o sabe o significado de sincretismo? Acredito que não! Deixe-me explicá-lo:

Nos primórdios da era cristã, época de Plutarco, o verbo syncretizo designava a união de diversas comunidades cretenses, quando o inimigo invadia a Grécia; esse acordo comum era syncretismos. O verbo grego Kretizo vem da ilha de Creta e significa falar e agir como um cretense. Somente a partir do século XVI, o termo sincretismo foi utilizado para designar a mistura de doutrinas filosóficas ou teológicas. Erasmo lhe deu novo significado, derivando-o do verbo Kerannyai (misturar) mais o latin crescere (syn + crescere = com cvrescer ou crescimento conjunto. A partir do século XIX , sincretismo designa a mistura de diversos cultos, divindades e religiões.”).

A luz disto gostaria de abordar os elementos do sincretismo religioso brasileiro:

1. Catolicismo medieval português: É o chamado catolicismo tradicional, que se caracteriza por ser medieval, luso-brasileiro, leigo , social e familiar. O catolicismo implantado pelos portugueses no Brasil foi o da contra-reforma, isto é, o pior tipo de catolicismo, que conservou o velho culto dos santos, com muitas práticas das supertições da idade média.

2. A cultura indígena: O índio vem contribuir na formação do animismo brasileiro com a crença na comunicação com os espíritos dos mortos ancestrais, o que resultou no culto e devoção dos últimos. Os indígenas viviam num mundo rico de lendas, cerimônias e crenças espirituais, onde os mortos e os vivos interferem e comungam entre si. O universo ameríndio era governado pelos espíritos, onde todos os acontecimentos, como a semeadura e a colheita, a caça , a pesca, a guerra e o ciclo da vida eram precedidos por cerimônias que lhe davam cunho e significado espiritual. Os índios habitantes das selvas brasileiras viviam obcecados pelo medo. Tinham crenças estranhas e eram aterrorizados pelos espíritos. Eles criam que as florestas eram infestadas pelos espíritos que se encarnavam em animais ou em membros da tribo, para encorajar ou afligir os coitados.

3. A influência africana: Os negros encontraram no Brasil um catolicismo medieval que enfatizava a participação dos santos como intermediários entre Deus e os homens. O comportamento em questão contribuiu para a sincretização cúltica de ambas culturas, onde ritmos, danças e entidades se misturavam nos eventos sociais.

Então anônimo,

Essa variedade de crenças sincretizou o evangelho entendeu?

Isto posto, ao marcharmos com pedidos nos pés agimos da mesma forma que os católicos romanos que em busca de milagres marcham em romaria.

Além disso, como protestante que sou, acredito que a Bíblia deve ser a minha única e excusiva regra de fé, e vamos combinar uma coisa? Em que parte das Escrituras encontramos uma ordem do Senhor ou dos apostolos para marcharmos em troca de bençãos?

Pois é, complicado né?

Renato Vargens

Fonte: http://renatovargens.blogspot.com/2011/06/similaridades-entre-marcha-para-jesus-e.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário