SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

VOCÊ TEM SE BASEADO EM OUTROS ENSINAMENTOS?



Olá, a Paz de Cristo a todos!

Nesta matéria vou abordar um assunto que há um bom tempo tem me incomodado muito, que é quando vejo um comentário ou publicação em rede social de cristãos usando referências que não estejam embasadas na Palavra de Deus, vindo de fontes espíritas, católicas, budistas, hinduístas, gnósticas e tantas outras. Visualizando o contexto da situação, que pode até ser bonito para falar ou ler, mas não o é para a vida do cristão, pois a fonte não é confiável porque distorce a Palavra de Deus ou cria uma crença que a contraria. O que tais cristãos deveriam fazer é rebater comentários usando as Escrituras Sagradas para assim mostrar o erro e não achar lindo a mensagem em questão. No final do texto usarei uma passagem Bíblica para mostrar que a fonte de onde vem a mensagem é importante, como lemos em I Coríntios 6:12: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”.
Além de tais cristãos estarem enganadas, também estão levando outros ao erro.

Vemos em toda a Escritura Sagrada que devemos somente aceitar o que está nela. Em Isaías 8:20 diz que “À Lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta Palavra, é porque não há luz neles.” Também encontramos no Novo Testamento várias falas de Jesus contestando os escribas e fariseus, que eram os doutores da Lei. Então por que eles foram contestados? Porque conhecendo a Lei faziam o que lhes agradavam; e isso não podemos aceitar, como Jesus também não aceitou. Por tal motivo não concordo quando alguém posta em redes sociais fotos com mensagem ou somente uma mensagem que contraria a Palavra de Deus. Também não concordo quando pessoas comentam que leram alguma mensagem ou livro de pessoas que têm o conhecimento da verdade, porém pregam outra coisa ou a distorcem, fazendo-o conforme seu bel prazer. Ou até mesmo quando comentam que assistiram a um vídeo com uma mensagem bonita, mesmo sabendo que essa mensagem vem de uma pessoa que não serve a Deus. Usarei novamente a passagem de I Coríntios 6:12 que nos diz que “nem todas as coisas me são lícitas” para justificar o porquê de minha discórdia. Uma pessoa que age assim não sabe distinguir o certo do errado, como lemos em Ezequiel 44:23: “E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano, e o farão discernir entre o impuro e o puro.” Essas pessoas precisam se posicionar perante Deus e não dar crédito a tantas mentiras que encontram. O apóstolo Paulo nos alerta sobre esses espíritos enganadores. Em I Timóteo 4:1 podemos ler: “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos muitos apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios.”.

Deixo abaixo uma passagem Bíblica para justificar minha posição e por que não aceito que cristãos conhecedores das Escrituras Sagradas leem ou postem qualquer coisa que seja contrária à Bíblia, desagradando a Deus, por estarem, assim, buscando ou recebendo outros ensinamentos.

O importante não é a mensagem que você está lendo, curtindo, ou divulgando porque gostou do que leu. O problema é de “quem” vem a mensagem. Digo isso porque em Mateus 4:3 a 10 lemos que o diabo ofereceu para Jesus a melhor oferta quando estava tentando-O, oferecendo-lhe todo o mundo, como mostra o versículo 9. Sabemos que Jesus quando estava na terra, além de ser Deus, era um ser humano, e Ele foi tentado como ser humano. O que o ser humano almeja? Queremos o melhor desta terra como poder, fama, dinheiro, mulheres e homens aos nossos pés, etc. Jesus sabia que a oferta era boa aos olhos do ser humano, porém, de quem vinha não era boa e a dispensou. Por isso, mais uma vez digo que não podemos ler, ouvir, ou divulgar qualquer coisa que não esteja de acordo com a Palavra de Deus, ou que não venha de Deus ou de um servo Seu.

Antes que você me diga que não posso julgar afirmo que você precisa ler mais a Bíblia e não deixar o diabo te dizer que não pode. Vejamos o que dizem as Escrituras Sagradas sobre o julgamento, mas antes me permita dizer-lhe que a Palavra de Deus não é constituída de versículos isolados, como muitos têm acreditado para criar seitas ou não deixar você descobrir a verdade. Vejamos algumas passagens. Em Mateus 7:1 lemos: “NÃO julgueis, para que não sejais julgados.” Aqui deixa claro que não podemos julgar e esse é o versículo que todos usam. Logo, em Mateus 7:2 encontramos: “Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.” Aqui continua a nos alertar quanto ao julgamento, como também teremos o mesmo peso quando julgamos a alguém e será usado contra nós. Por sua vez, em João 7:24 podemos ler: “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça.” Encontramos duas coisas distintas que lemos nesse versículo: a primeira continua a nos alertar quanto ao julgamento, para que não o façamos conforme nos convém. A outra nos mostra como devemos julgar, ou seja, segundo a reta justiça. Ora, qual é a reta justiça? A Palavra de Deus. Se uma pessoa está em desacordo com ela podemos julgá-las, porque então não somos nós que estamos julgando e sim Deus através de Sua Palavra. Todos nós seremos julgados pela Palavra de Deus, sendo assim, se eu a uso para julgar alguém serei julgado por Ela, conforme está em João 7:24, pela reta justiça.
Pergunto: Há algum erro ou peso se usarmos a reta justiça para julgar alguém?

Você que crê na Bíblia deve fazer somente o que nela está escrito. Conforme dito antes, veja o que está em Isaías 8:20: “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta Palavra, é porque não há luz neles.”.


Roberto Wagner
Jesus te abençoe.


Nenhum comentário:

Postar um comentário