SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

REDES SOCIAIS, BÊNÇÃO OU MALDIÇÃO?


Alguns criticam o uso das redes sociais, alegando que as pessoas estão perdendo tempo, enquanto poderiam dedicar-se a leitura da Bíblia. Acredito que alguns agem assim por ignorância (falta de conhecimento) dos enormes benefícios que elas nos prestam. Talvez eles desconheçam que existem inúmeras Bíblias, sermões do mundo inteiro e artigos teológicos à disposição, para serem consultados na rede. Eu, por exemplo, leio a Bíblia na Internet. Abro duas versões bíblicas paralelamente e consulto uma e outra, quando surge alguma dúvida.

Antigamente, algumas igrejas criticavam os crentes que ouviam rádio, creio que isso acontece até hoje, depois foram contra a televisão. Sabemos que ambos servem como um poderoso meio de evangelização e são uma bênção para os solitários e enfermos. Agora, são as redes sociais. Elas, como o próprio nome diz – sociais –, são um poderoso meio de comunicação e aproximação das pessoas. Muitos que viviam isolados, agora convivem socialmente, com a vantagem de escolher com quem comunicar.

Através da rede, há pessoas que ajudaram amigos a conseguir emprego, encontrar pessoas desaparecidas e muitos casamentos abençoados são frutos de pessoas que se conheceram através da Internet. Por causa de tantos benefícios da Internet, foi que “em 2005, durante um fórum na Tunísia, as Nações Unidas estabeleceram que o dia 17 de maio seria o Dia da Internet, ou o Dia Mundial da Internet. O objetivo da data, explica o site oficial da iniciativa, mostrar o potencial da tecnologia para melhorar a vida das nações e seus povos”.

“Contudo, – sempre há um “contudo” – assim como no mundo real, o mundo virtual também tem o seu lado negativo.” Há pessoas que a usam para o mal, para caluniar, usando meias verdades, ou mesmo distorcendo a verdade. Isso sem falar na pedofilia, nas drogas e outras mazelas. O bem e o mal convivem em todos os meios de comunicação, até o púlpito, às vezes, é usado para fins nem tão teológicos. Dentre os que criticam a Internet, encontramos aqueles que não sabem nem ligar o computador, são os analfabetos digitais, que censuram a rede sem saber do que estão falando. Aliás, isso já é chavão “quem não sabe fazer, vira crítico”.

Elas, as redes sociais, são um pesadelo para os ditadores, porque igualam as pessoas, tiram o poder das mãos do tirano e divide com a sociedade. O mundo virtual é um mundo democrático. Ou seja, há um relacionamento horizontal e não vertical. Não há patrão e empregado, não há doutor e analfabeto, nem rico,
nem pobre, aliás, há mais pobre do que rico. Todos têm voz igualmente, e, por isso, tira o sono dos tiranos. Precisamos compreender que as redes sociais podem nos permitir fazer missões nas mais distantes regiões do planeta, sem sairmos da nossa sala. A Internet é um enorme púlpito que Deus colocou em nossas mãos, para alcançar milhões de pessoas, e assim cumprirmos o ide de Jesus: “E disselhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”(Mc 16.15).

Portanto, o que é a rede social? UM PÚLPITO PARA ABENÇOAR OU UM PASQUIM PARA CALUNIAR? A Internet não é do bem ou do mal. Quem é do bem ou do mal é quem a usa.


Pr. Lúcio Barreto (pai)

Fonte: Jornal Atos Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário