SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

CERVEJA ZERO.

Cláudio Duarte lança canal no YouTube 

“Um pastor cheio de graça” promete abordar temas polêmicos com uma linguagem engraçada.
O pastor Cláudio Duarte, conhecido no meio evangélico por suas palestras bem humoradas para casais, estreou um programa no YouTube chamado Um Pastor Cheio de Graça, em que pretende abordar diversos temas ligados ao cotidiano cristão.

Em seu programa de estreia, Duarte aborda a questão das cervejas com grau zero de álcool, que tem se tornado temas de debate entre fiéis.

“Muitos me dizem: ‘pastor, eu bebo sim, e saio direto do trabalho pro boteco porque a cervejinha faz o volume da voz da minha esposa diminuir’. Aliás, conheço muita gente que dormiu bêbado feliz ao lado de uma mulher bonita e acordou triste, infeliz, do lado de uma baranga”, introduziu o pastor, adicionando seu já conhecido humor ao assunto.

Seguindo o conceito popular, Duarte diz que “tem gente que bebe pra esquecer”, e questiona os fiéis que tomam a bebida sem álcool sobre quais seriam os benefícios de uma cerveja assim: “A mulher feia, continua feia. Você não esquece de nada, porque não tem álcool, não fez efeito. A única coisa que vai acontecer é o mal cheiro”.

Num tom mais sério, Duarte diz que “a Bíblia nos aconselha a nos afastarmos da aparência do mal”, e acrescenta: “Muitas vezes, o ambiente que envolve a bebida é propício”, orienta o pastor.

Assista:


Tema controverso

No mundo cristão, existem três linhas principais de entendimento sobre o assunto: os abstêmios, que bebem eventualmente e não combatem quem pensa diferente; os temperantes, também identificados como moderacionistas, e que assumem beber com moderação em determinadas situações; e os proibicionistas, que condenam abertamente o consumo de álcool.

Como o assunto não é consenso, e pesquisas indicam que 40% dos evangélicos consomem bebidas alcoólicas nas mais variadas circunstâncias, o tema vem se tornando cada vez mais presente em debates.

Veja a matéria de 40% que bebem em 

Por Tiago Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário