SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

A “ROUPA” FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO”.

Constantemente, tem chegado à nossa redação reclamações a respeito das roupas que as pessoas têm usado durante os cultos; por isso, resolvemos dedicar este espaço para trazer uma pequena reflexão sobre o assunto.

Infelizmente, nossa sociedade como um todo tem sido influenciada pela moda de forte apelo à sensualidade, e a valorização excessiva do corpo tem sutilmente encaminhado muitas pessoas à pornografia, prostituição e lascívia. Barrigas e costas à mostra, micro-saias, transparências, e outras coisas que todo mundo sabe, se tornaram comuns. Os homens também estão incluídos nesse universo, mas as mulheres, na verdade, são as que mais exploram as vestimentas.

No mundo não cristão tais atitudes não me espantam, afinal, lá não existe limite, mas “dentro da igreja”, à luz da Bíblia, consideramos como pecado. De um cristão se espera que, no mínimo, ele cumpra o que sugere Paulo em Colossenses 3.5: “Eliminai vossas inclinações carnais: prostituição, impureza, paixão... É por causa dessas coisas que a ira de Deus sobrevém aos desobedientes”. Nosso desejo não é voltar ao legalismo exagerado, mas provocar uma discussão a respeito do assunto. Portanto, pais e mães devem observar o que seus filhos estão vestindo e os próprios casais também se observarem. A igreja é um espaço público, mas nem por isso deve-se utilizá-lo para dar lugar à carne. Algumas pessoas argumentam que vestem o que querem por que a igreja é um espaço público. Bem, é justamente por ser um espaço público que devemos respeitar uns aos outros. “Irmãos, fostes chamados para a liberdade. Mas não useis da liberdade como pretexto para a carne...” (Gálatas 5.13).

Por fim, como cristãos, vamos lembrar o ensinamento de Paulo em 1 Coríntios 6.19: “Fugi da imoralidade. Qualquer outro pecado que o homem comete é fora do corpo; mas quem pratica a imoralidade peca contra o seu corpo. Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?”


ATILANO MURADAS

Fonte: Jornal Atos Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário