SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

sábado, 24 de novembro de 2012

PORNOGRAFIA.


O Pr. Lucinho Barreto adverte que ela é “a antessala do adultério, da prostituição, da homossexualidade e da bissexualidade”
Fuja da pornografia!

Nestes “fins dos tempos” nos deparamos com inúmeros desafios para viver uma vida de santidade ao Senhor. A mídia tem veiculado cada vez mais conteúdos apelativos, cooperando com a banalização do sexo. A Internet é conhecida por ser a “terra de ninguém” e ao mesmo tempo de todos. Qualquer tipo de conteúdo pode ser acessado e publicado, inclusive os mais promíscuos e libertinos como a pornografia.

Sites sugestivos com imagens e textos que instigam o prazer da carne e outros tipos de veiculação da pornografia estão cada vez mais acessíveis. Até mesmo a publicidade tem utilizado o recurso da nudez, principalmente das mulheres, para vender os seus produtos.

O maior problema é que ela se torna um vício para pessoas de todas as idades, criando uma “bola de neve” que cresce à medida que satisfaz desejos carnais, e a carne quer sempre mais. “A pornografia é a antessala do adultério, da prostituição, da homossexualidade e da bissexualidade. Não conheço uma pessoa que cometa pecados graves na área sexual que primeiro não esteve envolvido com a pornografia. Ela introduz a pessoa em um mundo de perversidade”, comenta o Pr. Lúcio Barreto, o “Lucinho”.

O tempo todo a Bíblia condena mostrar a nudez (Lv 18.7-23), o pecado contra o corpo e a vida devassa (1Co 6.10). “A primeira coisa que Deus fez foi matar um animal e cobrir Adão e Eva, porque aquilo já era uma exposição que Deus não queria. No Antigo Testamento Deus mandava o sacerdote usar um tipo deshort debaixo da Torga sacerdotal, para não mostrar suas partes íntimas. Deus se preocupa com isso em todo o tempo, porque a nudez é para ser descoberta somente dentro do casamento (Gn 2.24)”, completa Lucinho.

No Novo Testamento, a palavra citada em inúmeros versículos, em grego, é porneia, que significa qualquer mau uso do corpo que fere a Palavra de Deus e a santidade do Senhor. E geralmente
isso vem por meio da exposição do corpo e do sexo fora, ou antes, do casamento. Nas versões em português lemos adultério, prostituição, imoralidade etc. “Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.” (Apocalipse 22.15) “O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.” (Hebreus 13.4) “Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem (…)Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.” (Gálatas 5.19, 21)

Entre os cristãos, a pornografia tem sido a armadilha do diabo para acabar com famílias e futuros lares, tornando jovens escravos da carne e cegos diante da liberdade que têm em Jesus para viver uma vida de santidade. “A pornografia traz tristeza, e o deixa muito mal por dentro. Em segundos você vai do êxtase à normalidade, e na maioria das vezes fica pior, pois, consumir a pornografia traz angústia para o espírito, arrependimento e tristeza de ter aberto mão de fazer a vontade de Deus para dar espaço à carne, somente por um prazer momentâneo. É como trocar uma mesa farta por um prato de lentilhas, pois sabemos que é errado e não leva a nada”, compartilha R., que tem vencido diariamente a tentação buscando ao Senhor.

Adolescente, jovem ou adulto, para todas as idades, a dica do Pr. Lucinho é a mesma: “Eu sou muito oito ou oitenta. Sabe o que faço? Deito na cama e fico me imaginando ir para o inferno por causa da pornografia, isso não dá. E quando você começa a enxergar a pornografia como um caminho que o leva para o inferno, você se policia para não entrar nessa. Não basta pensar que a pornografia é algo ruim, ela é algo que leva você para o inferno, então fuja”.

STEPHANIE ZANANDRAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário