SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

PL122: Mordaça na sociedade.



Vou começar postando na íntegra o que o Deputado Jean Wyllys postou no seu Twitter hoje (21-05), logo depois eu comento:

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel “1. Há argumento mais estúpido (pela falta de lógica) do que “Não discriminamos os homossexuais, mas condenamos o homossexualismo (sic)”?
2. É possível haver “homossexualismo” (sic) sem homossexuais? Não! E quando se condena o “homossexualismo” (sic) não se está discriminando?
3. Esse “argumento” estúpido e camuflador do ódio e da difamação contra os homossexuais foi ouvido ontem pel’O Globo na marcha “pra Jesus”.
4. É importante lembrar que a prefeitura do Rio deu R$ 2,4 milhões pra marcha “para Jesus”. Ou seja, para Malafaia pregar o ódio a LGBT.
5. Jesus – que desafiou líderes religiosos de sua época por se colocar ao lado dos difamados – não merece que Malafaia fale em seu nome.
6. Não vamos jamais nos esquecer que Jesus, segundo os evangelhos, expulsou, com açoite, os que exploravam comercialmente a fé dos outros!
7. O que não se explica é a obsessão de Malafaia e quejandos pela homossexualidade (há mais citações sobre esta que de trechos da Bíblia!)
8. E o que não se explica é o montante do dinheiro público aplicado na marcha “pra Jesus”. Precisa tanto? É uma pergunta!”

Bom, acho que não precisaria falar mais nada. O que o Jean Wyllys postou já diz tudo, querem o PL122 para colocar a mordaça na sociedade.
Nos itens 1, 2 e 3, mostra a mordaça. “E quando se condena o “homossexualismo” (sic) não se está discriminando?”  Está aqui a prova de que não aceitam a critica. Querem titular de homofóbico quem é contra a prática homossexual.
Ele disse que se falarmos que somos contra a prática homossexual, isso já é discriminar pessoas. Então, eles que são contra aqueles que defendem a família, eles estão discriminalizando essas pessoas? Pense.

PRÁTICA NÃO É PESSOAS, difícil de entender?

Ele cita também que a prfeitura do Rio deu 2,4 Milhões para a ‘Marcha Para Jesus’ e ainda diz que foi para o Pastor Silas Malafaia pregar o ódio a LGBT.
Analisamos:

1- A prefeitura do Rio nunca deu dinheiro para Parada Gay, ou para incetivar o turismo gay na cidade? Quer dizer que apoiar a Marcha Para Jesus não pode, e a Parada Gay está certo?
2- Ele diz que o Pastor Silas Malafaia pregou o ódio a LGBT. Bom, se o Pastor fez isso, ele foi homofóbico, certo? Então porque ele não processa o Pastor? Porque ele sabe que o Pastor NÃO pregou ódio.
3- O que ele quer é colocar seus 80 e poucos mil seguidores contra o Pastor e até mesmo contra NÓS, cristãos, que defendemos a família.

Não podemos calar. A Marta Suplicy quer aprovar o PL122 e vamos ficar calados? Divulgue o máximo que puder o @ContraPL122.

A favor da vida, da liberdade de expressão e religiosa!

Fonte: Gospel Mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário