SEJA BEM VINDO EM NOME DE JESUS.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

QUEM, SÃO OS NOSSOS ÍDOLOS?

Porque, naquele dia, cada um lançará fora os seus ídolos de prata e os seus ídolos de ouro, que fabricaram as vossas mãos para pecardes. (Isaías 31.7)

             Quando a Bíblia fala de ídolos, as primeiras coisas que vêm em nossos pensamentos são as imagens de santas, santos e outras tantas, entretanto, não paramos para pensar o que são, em suas várias formas, por exemplo, ídolos que levantamos, criamos e que permitimos que ocupem o lugar sagrado de Deus em nossos corações e em nossas vidas. Exemplo disso temos, às vezes, pode ser este computador que está na nossa frente agora, o carro, casa, empresa, trabalho, patrão, dinheiro ou qualquer que seja um bem, ou uma pessoa, filho, filha, esposa, marido, alguém, ou seja, qualquer outra coisa que damos a prioridade, que colocamos em primeiro lugar, e relegamos ao Senhor um segundo ou terceiro lugar nas nossas vidas, nós até falamos que o amamos, vamos à igreja, oramos e achamos que fazemos tudo certo, mas colocamos amor demais  nas coisas e esquecemos que tudo foi o Senhor que nos deu, inclusive as pessoas que amamos. E muitas vezes ainda tentamos usar o nome de Deus para justificar a nossa adoração a este ou aquele objeto, ou àquela pessoa.

            “Porque te não inclinarás diante de outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; zeloso é ele” (Êxodo 34.14).  Existem outros casos também, quando por exemplo preocupamos mais com o mal, as enfermidades, doenças, dívidas, separações, vícios, desempregos, enfim, qualquer que seja o problema que nos aflige, falamos de Deus, pedimos a Ele uma solução, mas falamos e pensamos mais no mal do que no amor de Deus, ou seja, estamos endeusando o próprio mal e além de não estarmos confiando no Senhor estamos ainda excluindo as nossas bênçãos, pois Ele, o Senhor, não divide a Glória Dele com ninguém. “Por amor de mim, por amor de mim o farei, porque como seria profanado o meu nome? E a minha Glória não a darei outrem.” (Isaías 48.11)  Ele tem que ser sempre a prioridade em nossas vidas, e se existe uma enfermidade, um mal, algo nos incomodando, nos atrapalhando, não podemos ficar somente exaltando o seu poder, dizendo o quanto ela está nos afetando, o quanto mal ela nos faz, devemos  sim reconhecer que temos um Deus que deu o seu filho para que morresse e levasse todas as nossas enfermidades.
 
             “Que aproveita a imagem de escultura, depois que a esculpiu o seu artífice? Ela é máscara e ensina mentira, para que quem a formou confie na sua obra, fazendo ídolos mudos? Ai daquele que diz ao pau: Acorda! e à pedra muda: Desperta! Pode isso ensinar? Eis que está coberta de ouro e de prata, mas dentro dela não há espírito algum." (Habacuque 2.18,19) Aqui estamos falando das imagens e esculturas conhecidas por todos nós, de qualquer que seja o santo ou milagreiro. O que temos que entender e praticar é a Palavra de Deus, e se existe algo que ela condena, então nós também devemos condenar, pois somos cidadãos e cidadãs do Reino de Deus e  devemos viver de acordo com as leis, a constituição, a Carta Magna do Reino e se ela condena algo, sabemos que  não poderemos jamais aprovar, pois se agirmos assim estaremos nos excluindo do Reino de Deus e participando do reino inimigo. “Não sabeis vós que a quem apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?” (Romanos 6.16) Devemos sempre colocar em primeiro lugar Deus, somente Ele, e em Espírito e em verdade, sabendo que tudo foi feito por Ele e para Ele, não existe nada além de Deus que merece a nossa adoração e possa ser prioridade. Leia e pratique Bíblia. Que Deus te abençoe.

                        Um abraço

                             Pr.Henrique Lino

Um comentário:

  1. Boa matéria.
    Ídolo é tudo aquilo que ocupa o lugar de Deus em nosso coração...

    ResponderExcluir